Coração vago – Nando Reis

Simplesmente Nando Reis❤

Amo😍

Publicado em Vida | Deixe um comentário

Eu não insisto mais em algumas pessoas

Passeando pela web e deparei com esse texto, caiu como uma luva pra mim…

É cansativo demais quem cobra, cria regras e faz julgamentos precipitados. Não tenho como adivinhar pensamentos e sentimentos alheios. Por mais que exista empatia, carinho e respeito, de nada adiantam essas entregas se a pessoa do outro lado não expressar o que sente e pensa. Quem quer ficar, fica. Meios termos, desculpa, não suporto.

Não sou estepe para qualquer um enxergar apoio vitalício. Tenho um limite, como todos, do que posso e não posso aguentar. Expectativas superestimadas é uma delas. Porque não é pelo fato de gostar, amar ou ter uma sintonia com alguém, que sou obrigado a provar constantemente todo o meu apreço e valor. Algumas pessoas distorcem o significado da reciprocidade. Ser recíproco não é entregar-se na hora que aquela pessoa deseja. O nome disso é ego. Pessoas recíprocas entendem de algo chamado naturalidade. É quando você intercala, por livre e espontânea vontade, emoções e gestos gentis. Sem a necessidade de pressionar, impor ou suplicar.

Certos indivíduos nutrem o péssimo hábito de colocarem opiniões na frente dos fatos e, principalmente, dos possíveis sentimentos da outra pessoa. É preguiça em larga escala conviver e confrontar gente assim. Não vale a pena. Definindo em uma sentença mais objetiva, não encontrei a minha dignidade no lixo. Não é imaturidade ou falta de disposição, mas há quem diga, e não são poucos, que todo mundo possui o direito de desistir. Seguir um caminho diferente não é crime. Às vezes, laços são desfeitos. Não quer dizer que foram em vão, nada disso. Simplesmente aconteceu deles decidirem por novos entornos.

A vida segue, com ou sem algumas pessoas. Reconhecer quem realmente está presente e alinhado naquele momento, naquele inteiro proposto, é a máxima das relações. E não precisa muito, nunca precisou. Depende apenas da serenidade e coragem de cada um identificar os instantes experimentados.

Eu não insisto mais em algumas pessoas. Não é por falta de amor ou coisa parecida. Felizmente, entendi que antes de adentrar na vida de quem quer que seja, tenho uma responsabilidade emocional comigo. E ela implica em não perder o amor próprio que construí ao longo de tantas metades por aí.

Guilherme Moreira Jr

https://www.facebook.com/gmoreirajr/

“Cidadão do mundo com raízes no Rio de Janeiro”

Publicado em Vida | Deixe um comentário

Viver é abrir a janela da alma para olhar a vida lá fora

Nessa época, quando estamos perto de agradecer nossas conquistas e renovar nossos desejos para o próximo ano, é normal surgir alguma melancolia. É que abrimos a janela da alma para enxergar a vida lá fora. Com o olhar que vem de dentro, sabemos o que temos; mas também reparamos no que perdemos e o que nunca tivemos.

Dia desses, uma moça me falou que não estava animada. Ao lhe perguntar por quê, ela contou que será a primeira vez que passará o fim de ano sem o seu pai.

Do universo secreto de cada um de nós, há um poço de desilusões, desamores ou desconfiança. Lembrando daquela moça e sua história, comecei a pensar o que é felicidade, afinal, se nem sempre nos sentimos completos?

Podemos ter um casamento feliz, filhos saudáveis e viagens em todas as férias, mas sermos frustrados no trabalho. Podemos ter destaque profissional e amigos para toda hora, mas o casamento acabou e, junto com ele, foi-se embora toda alegria do amor. Também podemos ter uma família unida e não termos dívidas no banco, mas alguém muito próximo e querido descobriu recentemente ser portador de uma doença fatal.

Tom e Vinicius cantaram suavemente que “tristeza não tem fim, felicidade sim”. A gente trabalha o ano inteiro. A gente faz certo e faz errado. A gente batalha por um momento de sonho. E, quando chega dezembro, na época em que deveríamos apenas agradecer e festejar, vem aquela angústia pelas coisas que não correram bem, ou pela ausência do que um dia se fez presente.

Por isso, hoje estamos aqui. Ao relembrarmos nossas dores, abrimos caminho para o futuro. Unidos em pensamentos tristes e alegres, avistamos a ponte de coragem que nos espera para o próximo ano.

Nem mesmo a falta de resposta a uma mensagem enviada com tanto afeto, ou a ausência dos braços que outrora nos abraçaram; nem mesmo a bronca do chefe, ou a ingratidão daqueles que não reconhecem nossa amizade; nem toda desavença, intriga ou morte que por ventura a vida nos traga, nada disso irá nos diminuir diante de nós mesmos. Estamos unidos por nossas dores de cada um e de todos nós. Somos gente que conquista a felicidade devagar, dia após dia, com garra e vontade.

Como disse Fernando Pessoa, “a minha tristeza é sossego, porque é natural e justa. E é o que deve estar na alma”. Nossa alma é como um pastor que conhece o vento, o sol e a chuva. Nas estações da vida, aprendemos a sentir e a olhar.

Repare. Há felicidade em todos os lugares: o rabinho agitado do seu cachorro ao te receber; o cheiro do café quentinho; a criança que aprende a falar. O livro novo que chega pelo correio; a gentileza feita por um desconhecido; o amigo distante que lhe faz uma ligação.

Pense em uma canção alegre. Agora seus pés deslizam debaixo das estrelas e seus ouvidos não se importam com o barulho lá de fora. A brisa da noite e o aroma das flores por onde você dança lhe prendem a atenção. Então você pendura suas dores no varal da sua alma enquanto se delicia em sua valsa particular.

Agora sorrimos de verdade. A felicidade pode ser efêmera, mas ela sempre volta. Assim, o ano começa a partir. A tristeza nos dá um descanso porque somos felizes quando suportamos nossas dores.

Por Rebeca Bedone

Publicado em Vida | Deixe um comentário

Gypsy

GYPSY, uma série sobre identidade e personalidade

Série estranha e confusa do Netflix🤔

Porém no final teve essa fala que gostei e achei que faz muito sentido…

“…Para ter poder de verdade, é preciso tê-lo sobre algo ou alguém. Mas nunca se trata daquela pessoa ou situação. As pessoas que realmente desejam poder estão apenas tentando controlar uma coisa: a si mesmas

Publicado em Vida | Deixe um comentário

Evoluir sempre…

🤗Sem a iniciativa de querer ser cada vez melhor em seu trabalho, você corre o risco de ficar estagnado no que faz.
Bom dia!!!
Evoluir sempre!!!

Publicado em Vida | Deixe um comentário

Porque o essencial é invisível aos olhos

… Levantei-lhe o balde até a boca. Ele bebeu de olhos fechados. Era doce como uma festa. Essa água era muito mais do que um alimento. Nascera da caminhada sob as estrelas, do canto da roldana, do esforço do meu braço. Era boa para o coração, como um presente. Quando eu era pequeno, todo o esplendor do presente de Natal estava também na luz da árvore, na musica da missa de meia-noite, na doçura dos risos…
(Antoine Saint-Exupéry – Trecho do livro “O pequeno Príncipe “)

Publicado em Vida | Deixe um comentário

Mudar é preciso

“E a vida, aos poucos, vai nos direcionando para o nosso melhor;

tira e coloca pessoas na nossa trajetória que farão toda a diferença…

Uns nos farão crescer,

darão a mão (e o coração junto) enquanto outros,

somente nos enraízam, atrasam a evolução…

O discernimento só chega quando estamos dispostos a mudar,

quando o AMOR chega,

quando as coisas de sempre já não vibram mais…

Uma hora faz o “plim”.

E muda tudo.

E é sutil, assim mesmo.

A gente cresce.

E o que não está mais ali, não é mais para estar.

Sem sofrimentos; quem de fato quer nosso bem estará ao lado nos passos mais importantes.

O resto, é pequeno e transitório…

Os elos mais fortes são os mais próximos.”

Por Carolina Salcides

Publicado em Vida | Deixe um comentário

Otimismo

Há em nós uma pequena chama, cujo nome é Otimismo, que precisa permanecer acesa, a fim de manter aquecida a alma para enfrentar os invernos da desesperança.

(Cika Parolin)

Publicado em Vida | Deixe um comentário

Filme: Ensina-me a viver

Quero ver…🙄

http://wp.me/p4dLEY-2Kc

Publicado em Vida | Deixe um comentário

Pessoas especiais❤

Sim, eu tenho algumas, gratidão a Deus por isso! ⚘

De algum jeito a vida, todos os dias, nos manda um sinal ou alguém que cruze nosso caminho para nos dar força para persistir, para nos dar coragem ou inspiração. Ou simplesmente para nos fazer rir ou descontrair. Um simples café, uma palavra, uma música, um anúncio.
A vida manda sinais e sopra para quem observa com o coração.

D.A

Foto:Thomas Park

Publicado em Vida | Deixe um comentário